segunda-feira ,21 agosto 2017
Home / Notícias / Acusado de matar jovem em Ponte Firme será julgado por júri popular

Acusado de matar jovem em Ponte Firme será julgado por júri popular

O M.Juiz Bruno Henrique de Oliveira da Comarca de Presidente Olegário marcou cinco julgamentos para o mês de maio. São quatro processos por tentativa de homicídio e um homicídio.

Os crimes ocorreram em Presidente Olegário, Ponte Firme, Lagoa Grande e Lagamar.

A promotora Dra. Roziana Gonçalves Camilo Lemos vai atuar na acusação em todos os cinco processos.

O objetivo é concentrar o mês de maio para julgamento do maior número possível de casos de crimes contra a vida. O primeiro julgamento será no dia 5 maio, data que será julgado o réu Ismael João de Sousa por tentativa de homicidio contra a vítima Francisco Justo da Silva ocorrido em Lagoa Grande em agosto de 2004. Os advogados Dr. Márcio Spagnolo Sousa e Ernani Rabelo Spagnolo Sousa farão a defesa do acusado.

No dia 9 de maio, senta do banco de réu Kennedy Dourado Flores, por tentativa de homicidio contra a vitima Laidson Alves Borges, crime ocorreu  no centro de Lagamar. O acusado disparou pelo menos três tiros contas a vítima. O advogado Dr Gilvan Geraldo Mendes fará a defesa do acusado.

O terceiro julgamento será no dia 11 de maio. Vai a julgamento por tentativa de homicídio José Gonçalves de Oliveira  “Zé Severina”, por efetuado pelo três tiros contra a vítima José Marques de Oliveira em janeiro de 2007. Dr. Hamilton dos Reis Ribeiro vai atuar na defesa do acusado.

No dia 16 de maio, o quarto julgamento será dos acusados Heli César Pereira, Márcio Junio Brant e Gedeon Batista Silva por tentativa de homicidio ocorrida em abril de 2010, na Avenida Eli Pinheiro na entrada de Presidente Olegário. Os acusados disparam pelo menos três tiros contra as vítimas Jeisson Roberto Fernandes Fonseca e Danilo Gonçalves de Oliveira. Os advogados Drs. Brian Epstein Campos e Geraldo Eustáquio Cunha farão a defesa dos acusados.

Já no dia 18 de maio, ocorre o quinto e último julgamento do mês de maio. Será julgado Valdeci Gomes Sertanejo acusado de ter matado com quatro tiros Gabriel Rodrigues  “Tibinha”, 26 anos, em fevereiro de 2014. O advogado Dr. Brian Epstein Campos vai fazer a defesa do réu.

Todos os julgamentos começam às 9h, no Tribunal do Júri da Comarca de Presidente Olegário. O M.Juiz Bruno Henrique Oliveira preside os julgamentos. São escolhidos 25 jurados da sociedade para participar e julgar os acusados, destes setes são sorteados. Todos os acusados estão respondendo os processos em liberdade.

Os outros crimes foram em Presidente Olegário, Lagamar e Lagoa Grande.

Por:André Amâncio-PO Hoje-patosagora.net

Você pode Gostar de:

Minas Gerais publica mais um lote de nomeações de 2.250 servidores para a Educação

Com a nova publicação, na edição deste sábado (24/6) do Diário Oficial, número de nomeados …

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *