Home / Notícias / Emater-MG completa 68 anos e lança o portal da Agricultura Familiar

Emater-MG completa 68 anos e lança o portal da Agricultura Familiar

emater

No portal, sob gestão pela Seda, estão cadastrados agricultores familiares, suas organizações e os produtos ofertados por eles

Emater-MG comemorou 68 anos de história. A empresa é considerada referencia nacional na prestação de serviço de assistência técnica e extensão rural. Além de homenagens a instituições parceiras e funcionários, a programação do evento contou com o lançamento do portal da Agricultura Familiar. A cerimônia aconteceu em Belo Horizonte, na sede da empresa.

O portal é uma parceria entre a Emater-MG e as secretarias de Desenvolvimento Agrário (Seda) e Educação (SEE). A gestão do site é de responsabilidade da Seda. A iniciativa visa divulgar os produtos da agricultura familiar e as demandas das escolas e instituições estaduais de Minas Gerais.

A proposta é potencializar a aquisição de alimentos da agricultura familiar por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e da Política Estadual de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PAA Familiar).

“É um site com informações direcionadas para a agricultura familiar e suas formas de organização, escolas e instituições do estado. Mas também pode ser utilizado como fonte de informação de oferta para outros interessados em fazer a aquisição direta de alimentos da agricultura familiar”, diz o assessor técnico da Emater-MG, Raul Machado.

No portal, estão cadastrados agricultores familiares, suas organizações e os produtos ofertados por eles. No site também podem ser encontrados os editais de Chamadas Públicas de escolas e órgãos estaduais, com as especificações de suas demandas por alimentos. Cerca de 3 mil agricultores familiares e todas as escolas estaduais possuem cadastro no site.

De acordo com Raul Machado, o portal irá promover a integração entre a oferta de alimentos por parte da agricultura familiar e a demanda de alimentos das escolas e instituições de Minas Gerais. “As escolas e instituições do Estado tomam conhecimento da oferta de alimentos, com volume estimado e sazonalidade da produção, facilitando a elaboração dos editais de Chamada Pública para aquisição de alimentos da agricultura familiar”, afirma.
Ele ainda ressalta que, por meio do portal, os agricultores familiares terão conhecimento de todos os editais em vigência do PNAE e PAA Familiar. Para ambos os casos as informações poderão ser filtradas por nomes, produto, município e região.

“Nós queremos cada vez mais investir no desenvolvimento da agricultura familiar. E nada melhor do que articularmos a educação e um projeto como esse que vai levar alimentação saudável para todas as crianças. O portal é fundamental porque vai aproximar a demanda da oferta”, disse a secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo.

“A agricultura familiar não pode ser vista apenas como uma questão social, mas também econômica. Num momento de crise mundial, é importante impulsionarmos ainda mais a agricultura familiar. O portal é um grande instrumento para fomentar a relação produtor e consumidor”, comenta o secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Professor Neivaldo.

A Emater-MG é responsável pela divulgação do portal e mobilização dos produtores. Além disso, a empresa faz o cadastramento dos agricultores familiares no site. Os interessados devem procurar o escritório da Emater-MG em seu município. O endereço do portal é: www.portaldaagriculturafamiliar.mg.gov.br.

Recursos para a Agricultura Familiar

O presidente da Emater-MG, Glenio Martins, e o secretário da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário do Governo Federal, Ricardo Roseno, assinaram um termo de compromisso para o fortalecimento da agricultura familiar.

De acordo com o documento, serão repassados R$ 13,8 milhões à Emater-MG. Os recursos serão utilizados para investimentos na infraestrutura da empresa (aquisição de veículos e notebooks), estruturação de centros de comercialização da agricultura familiar, aquisição e distribuição de sementes de milho e feijão, kits de feira e patrulhas mecanizadas para disponibilização aos agricultores familiares.

“Trata-se de um iniciativa para a reestruturação da rede de assistência técnica e extensão rural nacional. Conseguimos, no final deste ano, fazer investimentos de R$ 600 milhões no setor com os 27 estados conveniados”, disse José Ricardo Roseno.
“Esse convênio vai nos ajudar a dar mais qualidade e eficiência ao nosso serviço prestado, além de trazer mais recursos para a agricultura familiar”, diz o presidente da Emater-MG, Glenio Martins.
Homenagens
Os funcionários da Emater-MG foram homenageados com a entrega de medalhas pelos anos de serviços prestados. Também aconteceu a premiação dos vencedores do prêmio MelhorAção.

A iniciativa é da Emater-MG e visa à valorização, não apenas o profissional, mas dos projetos, boas práticas e ações de melhoria que tenham obtido resultados significativos na rotina da empresa. No total, foram premiados os quatro melhores trabalhos no estado.

O vencedor foi o projeto “Sucessão Familiar no Bairro Serra dos Lima”, desenvolvido pelo escritório local da Emater-MG em Andradas, Sul de Minas. O projeto visa valorizar e estimular a permanência dos jovens rurais na atividade cafeeira. Também foi homenageado com a Medalha do Mérito Rural o secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães.

De acordo com o presidente da Emater-MG, Glenio Martins, este foi um ano positivo para a empresa que fez importantes investimentos em infraestrutura e qualificação profissional. “Em outubro deste ano, 400 servidores concluíram pós-graduação em Extensão Ambiental para o Desenvolvimento Sustentável, curso personalizado pela empresa, com a Universidade Federal de Lavras (UFLA).

Além disso, nossa plataforma de Ensino a Distância (EAD) está sendo estruturada e já oferecemos cursos sobre cafeicultura e de qualificação para todas as secretárias dos escritórios locais”, diz.

Ainda de acordo com o presidente, foram feitos investimentos fundamentais para a infraestrutura e o bom funcionamento da empresa. “São mais de 90 novos veículos, 100 novas estações de trabalho, 70 computadores e notebooks, 500 tabletes, 360 impressoras a laser e outros equipamentos diversos, para qualificar e garantir melhores condições de trabalho”, afirma.

Glenio ainda ressalta que a Emater-MG tem buscado parcerias com órgãos federal, estadual e municipal. Segundo ele, a expectativa é que mais agricultores sejam atendidos e que haja um volume maior de recursos para o setor em 2017.

O presidente ainda disse que uma das prioridades da empresa no ano que vem é estimular o maior acesso dos agricultores familiares ao crédito rural. “Essa é a política pública mais forte que temos para o setor e que permite que o produtor tenha rapidamente uma melhoria na sua atividade e qualidade de vida”, reforça.

“A Emater-MG é fundamental para o desenvolvimento agropecuário do Estado. É um dos modelos mais bem-sucedidos de assistência técnica e extensão rural do país. A Emater-MG criou esse sistema no Brasil e hoje é referência”, afirma o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), João Cruz.

Ações da Emater-MG

A Emater–MG é vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e está presente em aproximadamente 790 municípios, com um atendimento a cerca de 400 mil famílias de agricultores familiares a cada ano. As ações desenvolvidas em parceria com várias instituições públicas e privadas garantem geração de emprego, bem-estar, renda e desenvolvimento sustentável no meio rural.

Certifica Minas Café

O Certifica Minas Café é um programa do governo estadual e executado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), por meio da Emater-MG e do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA). A ideia é estimular os produtores a adotarem boas práticas de produção e uma gestão moderna da propriedade para agregar valor ao café mineiro.

A Emater-MG orienta os produtores sobre as adequações das propriedades candidatas ao processo de certificação. Atualmente, Minas conta com 1.300 propriedades certificadas e outras 800 em processo de certificação.
Minas Pecuária
Minas é o principal produtor brasileiro de leite e tem o segundo maior rebanho bovino do país. Em todas as regiões, a Emater-MG trabalha para a evolução da pecuária mineira, por meio da prestação de assistência técnica voltada para a aplicação das boas práticas de produção, gestão da atividade e melhoria da qualidade dos produtos derivados da bovinocultura.

Uma das propostas do Minas Pecuária é modernizar a cadeia produtiva do leite e agregar valor ao produto.

Os produtores aprendem a maneira correta de produzir leite de qualidade e fazer uma gestão eficiente da propriedade. Em 2016, a Emater-MG prestou assistência técnica a cerca de 8,3 mil produtores rurais, no programa Minas Pecuária, com prioridade na melhoria da gestão das propriedades.

Outro objetivo do Minas Pecuária é promover a transferência de genética superior para o rebanho bovino comercial de corte e leite. Uma das ações é a realização de feiras e leilões para viabilizar aos pecuaristas a compra de touros e fêmeas melhoradores com registro genealógico.

A Emater-MG atua no estímulo à adesão dos produtores e os orienta em todo o processo de compra dos animais, como as informações necessárias para a obtenção do crédito. O Pró-Genética é um programa do Governo de Minas em parceria com a Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ) e outras entidades do setor. Cerca de 500 pecuaristas foram beneficiados em 2016 com a compra facilitada de touros e fêmeas nas feiras e leilões em Minas Gerais.
Mercados institucionais
O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é uma iniciativa do governo federal e coordenada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Através do programa os alimentos produzidos pela agricultura familiar são comprados e doados a escolas públicas, creches, asilos e instituições assistenciais. O papel da Emater-MG é mobilizar e cadastrar entidades beneficiárias e agricultores familiares, além de prestar assistência na produção e comercialização dos produtos.

Já o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é um programa do governo federal estabelecido pela da Lei nº11.947, que garante que, 30% dos recursos para a merenda escolar sejam destinados à compra de gêneros alimentícios produzidos pela agricultura familiar.
A Emater-MG orienta os agricultores familiares no processo de acesso ao programa.
As atribuições da empresa são bem amplas e abrangem desde a assistência técnica; mobilização de agricultores; emissão da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP); orientação e elaboração de projetos; até a capacitação dos agricultores em boas práticas de produção.

Em 2016, 12,5 mil agricultores familiares receberam orientação técnica da Emater-MG para comercializarem seus produtos por meio do PNAE. Com relação ao PAA, cerca de 5 mil agricultores foram beneficiados com o trabalho da Empresa para o fornecimento de alimentos, no mesmo período.

Plano Brasil Sem Miséria
O Brasil Sem Miséria é um programa do governo federal e tem como objetivo a inclusão social e produtiva de famílias que vivem em situação de extrema pobreza no país, com renda mensal per capita de até R$ 77,00. Com o programa, são repassados o valor de R$ 2.400,00 para cada família atendida por meio do cartão do Bolsa Família, para execução de pequenos projetos de fomento, como implantação de hortas e criação de pequenos animais.

As famílias recebem toda a assistência técnica da Emater-MG para viabilizar acesso aos recursos financeiros e executar projetos produtivos. Até 2015, foram atendidas 8 mil famílias.

Em julho deste ano foi assinado um termo de cooperação entre a Emater-MG, Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário para que mais 12 mil famílias sejam beneficiadas pelo Brasil Sem Miséria até 2018.

Você pode Gostar de:

Minas Gerais publica mais um lote de nomeações de 2.250 servidores para a Educação

Com a nova publicação, na edição deste sábado (24/6) do Diário Oficial, número de nomeados …

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *