sexta-feira ,15 dezembro 2017
Home / Política / Vereador preso com drogas dá risada e é aplaudido durante posse

Vereador preso com drogas dá risada e é aplaudido durante posse

O vereador Messias Aguiar (PMDB) que tomou posse do cargo com uma das mãos algemada e com paletó sobre o uniforme de presidiário, na manhã desta sexta-feira (13), foi recebido com aplausos pela população e ainda deu risada durante acerimônia de posse. Messias foi preso com quase 300 kg de drogas um dia após ter sido eleito vereador no município de Ubaitaba, no sul da Bahia. O vereador tem 34 anos e foi o segundo mais votado na cidade, com 571 votos.

Assim que chegou em Ubaitaba para assinar o termo de posse, ele riu para a população que gritava o nome dele e o aplaudia. “Eu, eu, eu, Messias apareceu”, gritava o povo.

Logo após a cerimônia, o vereador Messias Aguiar voltou sob escolta para o Conjunto Penal de Valença. O público acenou para o vereador enquanto ele era colocado na viatura. O mandato do legislativo municipal está previsto para começar no dia 2 de fevereiro.

No dia 5 de janeiro deste ano, Messias Aguiar foi diplomado para o cargo mesmo sem ter sido solto. A diplomação ocorreu por meio de procuração e foi autorizada pela Justiça Eleitoral.

A posse
O prazo para posse do vereador seria encerrado no domingo (15). Caso o documento não fosse assinado, o suplente iria ocupar o cargo. Em entrevista ao G1, o advogado de Messias relatou que a Justiça autorizou que ele deixasse o Conjunto Penal de Valença, onde está preso, e seguisse até o município onde foi eleito para assinar o termo de posse. “Foi uma recepção muito bacana. A presença dele teve uma repercussão muito boa, graças a Deus. Ele é uma vítima e vai ser absolvido”, afirmou Rogério Andrade.

O advogado questionou o modo de operacionalização da polícia, ao afirmar que não havia necessidade do cliente ser empossado com uma das mãos algemada. “Uma tentativa de desmoralização, que não funcionou. Ele foi muito bem recebido”, disse.

O advogado afirma que o cliente é inocente e que não tem relação com o tráfico de drogas. “Aconteceu uma apreensão em um município e ele foi preso em outro. Ele nega a acusação e vai ser absolvido”, espera o advogado.

Tráfico de drogas
O vereador recém-eleito teve a campanha financiada pelo tráfico de drogas da região. A informação foi divulgada pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Conforme o delegado Evy Paternostro, que comanda a 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Ilhéus), embora sem passagens pela polícia, o vereador já havia sido denunciado por participação no tráfico de drogas do município.

“Há informações de que toda a campanha tenha sido financiada pelo tráfico local”, afirmou Paternostro na época da prisão. O coordenador da 7ª Coorpin informou que a investigação continua para apurar detalhes da ligação do suspeito com o tráfico de drogas na região.

Prisão
De acordo com a PM, a prisão do vereador Messias Aguar ocorreu após denúncia anônima, no dia 3 de outubro, em uma fazenda localizada na zona rural de Ubaitaba. Com o suspeito, a polícia encontrou 270 kg de maconha, 2 kg de cocaína, uma balança de precisão e sacos plásticos para embalar a droga.

Conforme a PM, durante a abordagem policial, Messias Aguiar negou que a fazenda fosse dele, mas confessou a posse das drogas.

Fonte:Do G1 BA

Você pode Gostar de:

Senado aprova unificação de RG, CPF e título em um único documento

O DIN dispensará a apresentação de todos os documentos que nele sejam mencionados – entre …

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *