segunda-feira ,11 dezembro 2017
Home / Turismo e meio ambiente / Cultura / Minas Gerais publica mais um lote de nomeações de 2.250 servidores para a Educação

Minas Gerais publica mais um lote de nomeações de 2.250 servidores para a Educação

Com a nova publicação, na edição deste sábado (24/6) do Diário Oficial, número de nomeados desde 2015 chega a 47.355. Só em 2017 foram 10.250 servidores

O Governo de Minas Gerais publica neste sábado (24/6) mais uma lista com a nomeação de 2.250 servidores para a Educação, totalizando, com isso, 10.250 novos profissionais nomeados somente em 2017. As nomeações abrangem 636 municípios mineiros e todos os nomeados atuarão em escolas estaduais das 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs).

O quinto lote de nomeações que será divulgado no Diário Oficial Minas Gerais contempla:

– 16 professores regentes de aulas para os conservatórios do edital SEE/Seplag nº 02/2014;

– 280 professores de Ensino Religioso do edital SEE/Seplag nº 03/2014;

– 789 especialistas em educação, sendo 587 supervisores pedagógicos e 202 orientadores educacionais;

– 78 Assistentes Técnicos de Educação Básica (ATB);

– 1.078 professores regentes de aulas (disciplinas diversas) do ensino médio e anos finais do ensino fundamental

– 9 professores regentes de turmas do edital SEE/Seplag nº 04/2014.

Com essa nova listagem o número de servidores nomeados na Educação desde o início da gestão do governador Fernando Pimentel chega a 47.355 – 81,3% foram de professores. Em 2015 e 2016, o Governo do Estado nomeou 37.051 novos servidores.

Já em janeiro de 2017, foram 2.500 professores nomeados para atuarem nos anos iniciais do ensino fundamental do edital SEE/Seplag nº 01/2011, que teve sua vigência encerrada no dia 30 de janeiro; em março, foram mais 1.500 professores do edital SEE/Seplag nº 04/2014; em abril, outras 2.500 nomeações dos editais SEE/Seplag nº 02 e 03/2014 e, em maio, 1.500 servidores nomeados dos editais SEE/Seplag nº 02 e 04/2014.

O secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, ressalta que a nomeação na Educação é um compromisso do governador Fernando Pimentel com os professores.

“Mesmo com toda a restrição financeira, em meio a uma crise econômica nacional, já conseguimos nomear 47.355 profissionais, ultrapassando a marca dos 40% de professores efetivos. Isso mostra o compromisso desse Governo com a educação de qualidade para todos os mineiros e mineiras”, afirma Magalhães.

A secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, também destaca a importância das nomeações. “Isso é fundamental para melhorarmos a qualidade da educação em Minas Gerais. As escolas precisam de profissionais comprometidos com o projeto pedagógico e isso é difícil quando temos alta rotatividade”, diz.

“Então, a ampliação do número de professores efetivos ajudará as escolas no planejamento e fortalecimento do projeto pedagógico, na construção de um projeto de desenvolvimento institucional, pois elas terão certeza de contar com profissionais por um período maior de tempo e fugir dessa sazonalidade que ocorre a cada ano”, completa Macaé.

Exames

Uma vez publicada a nomeação, o aprovado deve submeter-se a exame médico pré-admissional, a ser realizado pela Superintendência Central de Perícia Médica e Saúde Ocupacional (SCPMSO) da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), nas datas e horários que serão publicados no site da Seplag. Após a perícia, os aprovados têm 30 dias para tomar posse.

Por Governo de Minas

Você pode Gostar de:

ORQUESTRA FILARMÔNICA ESTREIA EM PARACATU E ABRE O 4º FESTIVAL DO PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIDADE

Gratuita e aberta ao público, a apresentação será realizada no dia 1º de julho, às …

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *